Tecnologia

iOS 18: Apple anuncia novo sistema do iPhone na WWDC 2024

iOS 18: Apple anuncia novo sistema do iPhone na WWDC 2024; veja novidades

O iOS 18 foi apresentado pela Apple nesta segunda-feira (10) durante a WWDC 2024, conferência anual da empresa para desenvolvedores. O novo sistema do iPhone está mais personalizável, e agora permite customizar a Central de Controle e a tela de Início, cujos aplicativos podem ser reordenados livremente. A novidade gerou, inclusive, comparações com o Material You, do Android. O iOS 18 também ganhou recursos focados em segurança e privacidade, permitindo aos usuários bloquear e ocultar aplicativos — o que é útil para proteger apps de banco, por exemplo.

A maior novidade, entretanto, diz respeito à nova Siri, que está mais esperta graças à chegada da Apple Intelligence, Inteligência Artificial (IA) da marca. A atualização ainda trouxe melhorias nos aplicativos Fotos e Mensagens. O iOS 18 deve ser liberado em setembro, quando a Apple tradicionalmente realiza o lançamento dos novos iPhones. A seguir, veja as principais novidades do iOS 18.

Apple Intelligence
A Apple anunciou, na WWDC 2024, a Apple Intelligence, sua própria IA. Segundo a fabricante de Cupertino, a tecnologia trabalhará a serviço dos usuários para facilitar suas vidas. Ela será capaz de gerenciar suas notificações, escrever textos automaticamente ou resumir mensagens em e-mails e outros apps. A empresa também afirma que a Apple Intelligence pode realizar ações entre dois apps — como pedir para o player de música reproduzir uma faixa que um amigo te enviou pelo app de mensagens, por exemplo.

Com foco na privacidade dos usuários, a Apple garante que os recursos de IA serão processados no próprio dispositivo. Quando os recursos de IA precisarem ir para a nuvem, porém, a big tech diz que as informações irão para uma “Nuvem Privada”, sem que os dados sejam armazenados nos servidores. A empresa também afirma que nunca será capaz de acessá-los.

Vale ressaltar que será preciso um chip A17 Pro ou da série M para aproveitar as vantagens. Ou seja, por ora, a Apple Intelligence só estará disponível para o iPhone 15 Pro e o iPhone 15 Pro Max.

Siri com Apple Intelligence
Graças à chegada da IA da Apple, a interação com a Siri será muito mais “natural, relevante e pessoal” — é o que diz a empresa de Cupertino. Além de emitir comandos de voz, será possível digitar para conversar com a assistente.

Segundo a big tech, a Siri será capaz de fazer coisas como programar mensagens de texto, entendendo o contexto do que é dito nas mensagens e quais apps devem ser usados. A assistente virtual também conseguirá executar ações dentro de apps. Por exemplo, você poderá pedir à Siri para tirar uma foto e mandá-la para um amigo. A Apple deu a isso o nome de “consciência na tela”.

Além disso, a Siri ainda será capaz de pesquisar, dentro da sua galeria de fotos, uma imagem do seu documento de identificação (como uma carteira de motorista), pegar o número principal e inseri-lo em um formulário da web.

‘Genmoji’
Outra novidade baseada em Inteligência Artificial que chegará ao iOS 18 é o chamado “Genmoji”. Trata-se de uma espécie de gerador de emojis personalizado feito para quando você não consegue expressar suas emoções com as carinhas já disponíveis. O recurso usará IA para criar a figurinha perfeita para o momento.

Nova tela de início
Atendendo a um pedido antigo dos usuários, a Apple trouxe uma nova tela de início para o iOS. Desde a primeira versão do sistema, os apps são posicionados em uma grade linear, impedindo uma organização pessoal da área de trabalho. A nova homescreen, porém, permitirá posicionar os ícones onde você bem desejar — possibilidade disponível no Android há tempos. Outra novidade é que o modo escuro será aplicado automaticamente aos ícones dos apps, os quais também poderão ser personalizados com uma cor à escolha do usuário.

Central de Controle reformulada
A Central de Controle do iOS 18 está de cara nova. Com a atualização, o espaço será personalizável, e os usuários poderão trocar os ícones da seção de lugar. Também será possível deslizar entre várias páginas de controle e alternar entre os recursos mais importantes, com controle de mídia em posições de destaque.

Bloquear e ocultar apps
O iOS 18 também ganhou funções voltadas à segurança e privacidade. Com o recurso “Lock an App”, os usuários do novo sistema poderão bloquear um aplicativo quando entregarem o iPhone para um terceiro. Após o bloqueio, só será possível acessar o app a partir de autenticação com Face ID, Touch ID ou senha. Além disso, enquanto o recurso estiver ativado, as informações de dentro do app não aparecerão em outros lugares, como pesquisa e histórico de notificações.

Com o recurso “Hide an App”, por sua vez, será possível ocultar um aplicativo que você não deseja que outras pessoas saibam que está instalado no seu iPhone. Os apps ocultos ficarão em uma pasta secreta, de forma que apenas o dono do celular saberá da existência do programa. A função é especialmente útil para aplicativos que abrigam informações sensíveis, como apps de banco.

Novo Fotos
O aplicativo Fotos foi reformulado para lidar com as bibliotecas de imagens cada vez maiores que acumulamos. As mudanças incluem classificação de rostos e a capacidade de fixar coleções na parte superior, para agilizar o acesso. Além disso, pessoas e animais de estimação serão agrupados automaticamente em coleções que você pode acessar por meio da nova visualização em carrossel do app.

Transcrições de áudios
Usuários do iOS 18 vão perder menos tempo com transcrições de mensagens de voz. Isso porque agora é possível gravar áudios no aplicativo Notas e transcrevê-los em tempo real. O software ainda permite combinar a transcrição a outros comentários, listas de verificação ou documentos.

Novos recursos no app Mensagens
A Apple também anunciou novidades para o aplicativo Mensagens. Entre as novidades estão adição de emojis em respostas do tipo “tapback”, novas opções de formatação textual e a possibilidade de agendar o envio de mensagens — algo que o Google Mensagens já oferece. A empresa não mencionou, entretanto, a chegada do esperado padrão de mensagens RCS ao iPhone. A tecnologia, considerada “substituta do SMS”, permite envio de mídias em alta resolução e conversas em grupo, ampliando a dinâmica com usuários de Android.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo